Lá Porque Tens Cinco Pedras

Lá porque tens cinco pedras
Não há nada estilhaçado
Lá porque tens cinco pedras
Não há nada estilhaçado
Agora faz comigo
Com cinco pedras na mão
Agora faz comigo
Com cinco pedras na mão

Enquanto nesses brilhantes
Tens soberba e tens vaidade
Enquanto nesses brilhantes
Tens soberba e tens vaidade
Eu tenho as pedras da rua
P'ra passear à vontade
Eu tenho as pedras da rua
P'ra passear à vontade

Pobre de mim não sabia
Que o teu olhar sedutor
Pobre de mim não sabia
Que o teu olhar sedutor
Não errava a pontaria
Como a pedra do pastor
Não errava a pontaria
Como a pedra do pastor

Mas não passes sorridente
A alardear satisfeito
Mas não passes sorridente
A alardear satisfeito
Pois hei-de chamar-te à pedra
Pelo mal que me tens feito
Pois hei-de chamar-te à pedra
Pelo mal que me tens feito

Hás-de ficar convencido
Da afirmação consagrada
Hás-de ficar convencido
Da afirmação consagrada
Quem tem telhados de vidro
Não deve andar à pedrada
Quem tem telhados de vidro
Não deve andar à pedrada


source: Songteksten.nl

Language: portuguese


remove advertisements


remove advertisements